Escola Alegre ll Comunidade Carrijo

Visitação as escolas

ESCOLA MUNICIPAL NOSSA SENHORA APARECIDA DO
CHUMBO.

tp2





Tp2





EVIDÊNCIAS DO TP2





Oficinas do tp2

A oficina aconteceu no dia 09/11/2009, inicialmente fizemos a nossa oração , logo em seguida a socialização das atividades anteriores, nesta oficina fizemos o estudo to tp2 no total , trabalhamos em grupo e cada grupo com um tema a ser estudado , debateu e apresentou em forma de seminário.Após a apresentação dessa atividade , trabalhamos um texto e cada grupo propôs com base no texto trabalhado , o estudo gramatical dentro desse texto , todos os cursistas gostaram , deixaram depoimentos e puderam de forma coletiva argumentar , defender , expor e descutir as dúvidas e as dificuldades em relação ao uso da gramática no texto.

BILHETE

Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...MÁRIO QUINTANA

CECÍLIA MEIRELES

Aqui está minha vida.
Esta areia tão clara com desenhos de andar
dedicados ao vento.
Aqui está minha voz,
esta concha vazia, sombra de som
curtindo seu próprio lamento
Aqui está minha dor,
este coral quebrado,
sobrevivendo ao seu patético momento.
Aqui está minha herança,
este mar solitário
que de um lado era amor e, de outro, esquecimento.
Cecília Meireles, em desenho de Apard Szènes



-------------------------------------------------------------------------------

"... como uma cegonha que sonha, que sonha e sonha..." Renúncia
Sê o que renuncia
Altamente:
Sem tristeza da tua renúncia!
Sem orgulho da tua renúncia!
Abre a tua alma nas tuas mãos
E abre as tuas mãos sobre o infinito.
E não deixes ficar de ti
Nesse último gesto!



--------------------------------------------------------------------------------

Cântico IV
Tu tens um medo:
Acabar.
Não vês que acabas todo dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.

DEPOIMENTOS

MOMENTOS DE ATIVIDADES EM OFICINAS.
video

DEPOIMENTOS TP1

ESTES VÍDEOS TRAZEM DEPOIMENTOS DOS CURSISTAS SOBRE AS ATIVIDADES QUE ESTAMOS DESENVOLVENDO NAS OFICINAS E COMO ESTES PROFESSORES ESTÃO COLOCANDO EM PRÁTICA AS ATIVIDADES PROPOSTAS PELO PROGRAMA GESTAR.
video

tp1





Evidências do tp1





OFICINAS DO TP 1

As oficinas do tp1 aconteceram nos dias 13 e 16 /10 de 2009 e nos dias 26 e 30/10 de 2009.
Devido trabalhar com duas turmas uma durante a semana e a outra no fim de semana , foram acima citados os dias que aconteceram as oficinas .
Como sempre quando inciamos a nossa oficina fazemos a nossa oração e em seguida as socializaçãoes das atividades e aqui comentamos sobre os projetos que estão em andamentos , marcamos uma visita as escolas que solitassem essa visita.E em seguida iniciamos nossa oficina , como vimos o tp1 , traz o assunto sobre Linguagem e Cultura , nessa oficina propus um trabalho diferente , dividi a sala em grupos em cada grupo ficou com um subtema do caderno de teoria para comentar sobre o assunto , na realidade estudamos o tp1 inteiro e somente após esse estudo é que partimos para a prática , tambbém propus aqui uma atividade que nos foi sugerida pela professora Rosa , a nossa professora do curso , nessa atividade trabalhamos com os provébios , foram divididos grupos , cada um ficou com um prevérbio e em seguida escreveram um texto sobre o provérbio que tinham em mãos , logo em seguida leram esse texto e os outros grupos advinhavam sobre qual provérbio o grupo da frente escreveu. Todos gostaram da atividade e aplicaram em sala de aula também.

TP6



EVIDÊNCIAS DO TP6





Tp 6 Oficina

A segunda oficina do gestar to tp6, foi realizado no dia 09 e 11/08/2009 , ssim como em todas as oficinas fizemos a nossa oraçao e logo em seguida a socializaçao das atividades,conversamos sobre o andamento dos projetos que cada cursista estava desenvolvendo na escola onde trabalha e além das atividades proposta na oficina ,acrescentei também nessa oficina o trabalho com a literatua infanto juvenil, e perguntei aos professores como estavam sendo trabalhadas as aulas que envolvia esse tema , fiquei surpresa quando disseram me que a dificuldade para trabalhar esse tema era imensa e que esse assunto ficava muitas vezes aquém , porque a maioria dos professores desenvolvia a aula de leitura , mas não bucava levar livros infato juvenis e nem davam ênfase a esse tipo de aula , motivo pelo qual essas crianças , pré-adolescentes e adolescentes desconheciam a literatura e nunca gostaram de ler nada voltado a esse gênero.Então foram seugeridos alguns livros infantis (Conta de novo,A história da noite em que nasci,O caçador de pipas )para que os professores lessem e em seguida indicassem aos seus alunos pata tentar reverter esse quadro nas aulas de línguas portuguesa.Então propus aos cursistas que fizessem um plano de aula, propondo atividades para trabalhar a literatura infanto juvenil, após o termino dessa atividade cada grupo apresentou a atividade proposta e relataram o que acharam da experiência.
DEPOIMENTOS PROFESSORA ROSANGÊLA DA ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON.
"FAZER UM PLANO DE AULA ,PARA TRABALHAR LITERATURA É NOVO PARA NÓS , PORQUE NA VERDADE NOS PREOCUPAMOS EM DESPERTAR NOS ALUNOS O GOSTO PELA LEITURA, E NÃO CONSEGUIMOS DIRECIONAR QUE TIPO DE LITERATURA QUEREMOS QUE ELE LEIAM , GOSTEI DESSA AULA DE HOJE PORQUE FOI MAIS UM APRENDIZADO E NÃO É NADA FÁCIL PREPARAR UMA AULA PARA ESSES ADOLESCENTES , PRIMEIRO QUEM PRECISA ESTAR PREPARADO É O PROFESSOR."
DEPOIMENTO DA PROFESSORA DUCARMA DA ESCOLA MUNICIPAL MIRTES LEITE DA SILVA.
"TIVEMOS DIFICULDADES EM FAZER O PLANO DE AULA PARA TRABALHAR A LITERATURA INFANTO JUVENIL , PORQUE NÃO ESTAMOS PREPARADOS PARA TRABAHAR ESSE TIPO DE AULA COM OS NOSSOS ALUNOS , MAS DEPOIS QUE DISCUTIMOS SOBRE O ASSUNTO PODEMOS NOTAR QUE É MUITO GRATIFICANTE , QUE BOM QUE APRENDIMOS ISSO AQUI NO GESTAR".

saudade

Começou a saudade

TP6